STJ se torna parceiro da Campanha Sinal Vermelho

STJ se torna parceiro da Campanha Sinal Vermelho

Solenidade de adesão será na segunda-feira (14)


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) realizará a adesão à campanha Sinal Vermelho de combate à violência doméstica, uma iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para frear qualquer tipo de agressão às mulheres e os casos de feminicídio . O presidente da Corte, ministro Humberto Martins, presidirá a solenidade virtual, na segunda-feira (14), às 17h30. O evento será transmitido pelo canal do STJ no YouTube.

Durante o encontro, a presidente da AMB, Renata Gil, e a diretora da AMB Mulheres, Domitila Manssur, apresentarão detalhes da campanha, bem como os principais resultados da iniciativa, que há um ano tem tirado várias mulheres de situações de violência.

A campanha Sinal Vermelho caracteriza-se pelo desenho de um “X” vermelho na palma da mão como forma silenciosa de a vítima pedir socorro ao mostrá-lo em estabelecimentos parceiros como farmácias, restaurantes, hotéis, instituições financeiras e vários órgãos públicos, a exemplo de Tribunais Regionais Eleitorais. A iniciativa foi instituída nacionalmente e é lei estadual e municipal em diversas localidades brasileiras.

Na solenidade estão previstas também as presenças de várias autoridades: ouvidor do STJ, ministro Moura Ribeiro; conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Tânia Reckziegel; procuradora federal, Maria Cristiana Ziouva, ouvidor do Conselho Nacional do Ministério Público, Engels Augusto Muniz; promotora Gabriela Manssur; além de outras autoridades.

Leave a Reply

Your email address will not be published.